fbpx
Inteligência emocional: o que é e como manter a sua
22 de setembro de 2016
Descascar ou desembalar?! Hora de acabar com esta questão!
26 de setembro de 2016

Yoga: equilíbrio entre corpo e mente

Leia mais.

22.09_YogaA Yoga consiste numa prática que funciona como um caminho para o relaxamento. É como se pudéssemos desligar nosso corpo de todo o estresse diário e dar esse descanso merecido para a nossa mente.

Relaxar a mente, assim como dormir bem, é o botão de restart que nosso corpo como um todo necessita para funcionar de forma plena. Com a Yoga não é diferente! Mergulhamos no estado de relaxamento e colocamos a mente a nosso serviço, sempre nos “policiando” para que esse estado de “abstração” seja de fato atingido.

E o que é estar em estado meditativo? Assim como no mindfulness, engana-se quem acha que é só “esvaziar a mente” e respirar corretamente durante alguns minutos. Este estado vai muito mais além e exclui pensamentos negativos da nossa mente, colocando outras metas em sua cabeça que ativem inúmeros benefícios físicos e mentais. Imagine isso, só por um segundo. Imagine a semana atolada de trabalhos, de pessoas mal educadas no seu dia a dia e de crises acontecendo. Agora pare e imagine você em um lugar tranquilo, só seu, por dez minutos em um estado contemplativo em que consiga te fazer escapar (só com a mente!!!) de todas essas situações. Sentiu um alívio? E se eu te disser que durante esses minutos, você será capaz de esquecer todas as preocupações e se concentrar apenas, única e exclusivamente na pessoa mais importante do mundo, que é você? Não procure ajuda nos efeitos efêmeros do álcool e drogas em geral, pois eles prejudicam sua mente! Tenha esse tempo para você e pense no bem que está fazendo para sua mente.

A pratica da Yoga acaba levando como um estilo de vida, de tão bem que faz para a mente e o espírito! Não é a toa que mente e Yoga são relacionadas, pois treinar o poder da mente é o básico do Yoga, uma vez que as posturas que simbolizam a ideia do que é a essência, são formadas a partir da nossa imaginação (moldamos o nosso corpo que deve “entrar” na forma da postura em questão).

O melhor deles é uma técnica de meditação chamada Antar Mouna – o silêncio interior. Quando a mente está atulhada de tantos pensamentos, sentimentos e informações, precisamos fazer uma arrumação geral. O Antar Mouna cria um espaço onde podemos apenas observar nossos pensamentos, emoções, ideias, imagens e impressões sem se envolver. Assumimos o papel de sakshi – a testemunha – aquela parte da nossa consciência que passivamente observa as ações do corpo, dos sentidos, os movimentos da mente e das emoções sem ser afetada. O Antar Mouna tem uma estrutura sistematizada que possibilita reconhecer as impressões, limpar e reprogramar a mente para que ela volte a funcionar em todo seu potencial. Assim, restabelecemos o fluxo de energia tornando a mente mais disciplinada, dócil e muito mais estável. Aos poucos, purgamos todas as toxinas e experimentamos aquela maravilhosa sensação de felicidade plena que chamamos de Ananda. Mas é claro que isto é para quem já está acostumado com a prática e possui um instrutor por perto para orientar e facilitar este trabalho mental. Não custa nada passar essa informação e dizer qual é o caminho, mas a escolha é de cada um.

Yoga: Detox mental

O estresse é o novo e maior mal do século. Ele gera a secreção abundante, pela glândula suprarrenal, de um hormônio chamado cortisol. Este nos prepara para situações de adversidades – emocionais ou físicas -, nos carregando de energia.

Da mesma maneira que o corpo, a mente pode acumular toxinas. Isso acontece porque ela se “alimenta” de todos os estímulos externos e internos – aquilo que ouvimos, as conversas que temos, os programas que assistimos na TV, o que experimentamos na internet, aquilo que pensamos e as emoções que vivenciamos.

Hoje em dia, nossa mente é bombardeada de informações o tempo todo. É como se estivéssemos comendo uma refeição atrás da outra, sem intervalos. Se esse excesso de estímulos não for processado adequadamente, vai produzir toxinas mentais. Além disso, existe uma infinidade de impressões inconscientes e sentimentos reprimidos que impedem o fluxo livre da energia mental e bloqueiam a eliminação das toxinas da mente. Intoxicados, não conseguimos nos concentrar, perdemos o foco e a criatividade, o raciocínio, a memória naufraga e a mente desestabiliza totalmente. É preciso haver um “filtro” em nosso cérebro, algo que a gente possa distinguir o que faz e o que não faz bem para nós. Será que ligar a televisão e assistir desgraças todos os dias faz bem? Será que falar mal de pessoas todos os dias não te traz coisas ruins? E será mesmo que você necessita ficar procurando na internet pessoas que nem fazem mais parte da sua vida para ver como elas estão? Tudo isso polui a mente. Você atrai pensamentos negativos, pensamentos que poderiam ser facilmente ignorados. Suas atitudes dependem muito de quem você é, mas às vezes entramos em um ciclo de negatividade sem saber.

A Yoga é um dos instrumentos que utilizamos para desintoxicar a nossa mente, levando em consideração que não é para todos. Assim como muitos falam da academia, as pessoas precisam “se conectar” com esta prática, porque senão os resultados são nulos.

O importante é querer entrar nesse estado de relaxamento. Se você conseguir esvaziar a mente e ter essa tranquilidade (seja por qual método for de Yoga), será capaz de atingir um estado em que sua mente poderá trabalhar ao seu favor. E quem se beneficiará mais com isto será a sua saúde mental, que se tornará cada vez mais livre de pensamentos negativos que a poluem quase todos os dias, se você deixar.

Benefícios da yoga para o organismo

Os benefícios são inúmeros; a Yoga traz resultados de toda uma transformação espiritual e do funcionamento adequado dos órgãos, conquistados a partir da prática regular dos movimentos feitos em aula e dos hábitos saudáveis que passamos a ter após iniciar esse “novo estilo de vida”. Do mesmo jeito que a Yoga promove energia, ela também traz relaxamento. Professores sempre dizem que após uma aula com exercícios de respiração, por exemplo, pode-se perceber que o aluno se sente mais disposto, adquire mais força de vontade e determinação para realizar as tarefas do dia a dia. O ponto respiratório é um dos bem trabalhados, aliás! Para quem busca algo que melhore problemas respiratórios (além de um acompanhamento médico, se for o caso), a Yoga é uma boa opção, pois melhora essa parte do nosso corpo. Além disso, promete diminuir os níveis de colesterol, controla a pressão arterial e comprovadamente pode servir como um calmante para quem sofre de stress, ansiedade e outros sintomas causados pela competitividade e cobrança da vida moderna.

Fisicamente, a Yoga torna os músculos mais fortalecidos e flexíveis, por conta das posições. O corpo fica mais alongado e tonificado, e vários órgãos internos e glândulas endócrinas são trabalhados durante a atividade, melhorando a nossa saúde e resistência em geral, bem como a nossa circulação sanguínea. Vale a pena! 

WhatsApp chat