Ira: conheça os malefícios para a saúde
18 de agosto de 2016
Preguiça: cuidado – com o sedentarismo digital
19 de agosto de 2016

O poder do perdão: hora de dar acabar com a ira

Leia mais.

VI.PERDAOO que provoca ira em você? Reflita! Seus planos não deram certo? Alguém te decepcionou? É hora de perdoar! Já dizia Gandhi: “o perdão é atributo dos fortes”. Portanto, é preciso ser forte para perdoar. Importante lembrar que cada pessoa tem um processo diferente de evolução espiritual e cabe a nós procurarmos evoluir ou sermos pacientes com quem aparentemente não tem o mesmo entendimento que nós. Algumas pessoas têm mais dificuldade em perdoar do que outras. Por isso, diariamente, devemos exercitar a empatia, pois se colocar no lugar do outro facilita o processo de perdão.

Além do mais, é comprovado cientificamente que o ato de perdoar traz benefícios à saúde. A neurociência nos mostra que o ato de perdoar proporciona bem-estar e favorece a saúde cardiovascular. O perdão alivia o estresse causado pelo ódio que, por sua vez, pode estimular a produção de cortisol (hormônio do estresse), perturbando o sono, aumentando o risco de doenças cardiovasculares e levando à depressão e ansiedade. E, como sabemos, nada disso combina com uma vida saudável! De que adianta você se alimentar bem, se exercitar, mas não conseguir dormir porque está estressado com problemas que poderiam ser resolvidos na base de conversas, análises e, por fim, o perdão?

Em estudo abordado pela neurocientista Suzana Herculano-Houzel, em coluna do jornal Folha de S. Paulo, as conclusões foram de que tanto o ato de perdoar quanto o de se vingar envolvem atividades cerebrais nas mesmas estruturas, mas de maneiras diferentes. Em suma, para perdoar precisamos criar empatia, nos colocarmos no lugar do outro e avaliar de forma consciente tudo o que ocorreu. Quando buscamos uma vida saudável, adotando hábitos corretos, também temos a oportunidade de nos tornarmos pessoas melhores! Perdoar faz bem à alma – e à sua saúde, também!

Referências:

https://drbarakat.com.br/neurociencia-o-poder-do-perdao/

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/suzanaherculanohouzel/2014/02/1413749-perdao.shtml

 

WhatsApp chat