fbpx
Paleolítica
31 de janeiro de 2017
Sendo Motivado pela Compaixão e Amor
3 de fevereiro de 2017

E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos

“E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música” (Friedrich Nietzsche)

“E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música” (Friedrich Nietzsche)

Interrompo nossa programação pra compartilhar este “Escolhi Ser Feliz” de 1º de fevereiro.

Em especial, não quero conjecturar hoje aqui sobre isso, quero apenas que reflitam. Quantas vezes foram julgados insanos – por não se enquadrarem no que é tido como comum.

Quantas vezes você deixou de dançar, mesmo enquanto a música lhe gritava a alma, porque o outro não ouvia? O que você deixou de fazer por temer a opinião alheia?

Desde minha juventude leio esta frase do filósofo Nietzsche (assim como outras obras dele) e ela sempre se encaixou perfeitamente na minha vida. Eu já fui uma pessoa que abriu mão do que acreditava por receio do que iriam pensar. Sofri bullying quando criança e jovem por ser diferente do padrão do mundo.

Com o tempo, compreendi que vivemos num mundo que chama de loucos os que rompem paradigmas. Aprendi que o extraordinário não cabe numa caixa. E que aqueles chamados de “loucos”, podem ser os verdadeiros detentores da visão. As descobertas mais incríveis da humanidade foram geradas por aqueles que ousaram observar, pensar e agir além do óbvio. Estes podem transformar de forma positiva a vida das pessoas.

Ainda hoje recebo retaliações por pensar diferente do que é tido como convencional, mas não me deixo paralisar mais pela negatividade. Sigo em frente, lembro de ouvir a música interior, foco nela e na essência de quem sou. Danço com quem dança comigo. Minha família, amigos, vocês, constelação! Perfeito, jamais seremos. Não somos dono de toda a sabedoria, até porque para evoluir o aprender e o saber é uma constante. E esta é a graça da vida. Sermos aperfeiçoados diariamente, eternos aprendizes! Juntos, somos mais fortes, entendem! #gratidão

Obs.: o Gif é de uma página do facebook – chamada eco-anarquismo @ecoanarchy, que me apresentaram hoje, pouco depois que comentei no SNAP sobre a frase de Nietzsche que reli de manhã, enquanto estudava em casa. Gratidão a todos que me mandaram suas reflexões sobre este pensamento. #correntedobem

WhatsApp chat