fbpx
MARGARINO! Um vilão de margarina terrível e seboso!
26 de janeiro de 2017
Seção Cinema: Happy
28 de janeiro de 2017

Câncer: Desnutrição, Intoxicação e Conflito Emocional

Compreenda esta conexão

Quantos de nós já ouvimos que tristeza, mágoa e outras emoções negativas podem ocasionar um câncer? Um estudo publicado no BMJ Open ontem – que a imprensa nacional está repercutindo – indicou que pessoas que sofrem de depressão ou ansiedade podem ter mais probabilidades de morrer de alguns tipos de câncer. Este resultado, somado à outras análises científicas, reforça que há ligação entre saúde física e mental/emocional. (confiram/busquem em: Folha, O Globo, BBC etc. – “Estudo aponta relação entre depressão e mortalidade por câncer” – link para leitura via Folha de S.Paulo aqui – http://bit.ly/2k8XzwG )

Isto porque o aspecto emocional é um fator de impacto, mas não vem sozinho. O câncer é uma doença multifatorial. O que significa esta afirmação? Sua causa pode estar ligada a fatores genéticos, hereditários, a alimentação, a aspectos ambientais e às emoções. Somos bombardeados diariamente por esta artilharia pesada (são comidas, intoxicação por metais, maus pensamentos etc.) e, para estarmos blindados, protegidos, é preciso nos livrar dos gatilhos que podem “ligar” o câncer no nosso organismo. É preciso lembrar que desde que nascemos, as células de nosso corpo se multiplicam. E, muitas vezes, durante este mecanismo, pode haver falhas. Um organismo saudável faz a apoptose celular, ou seja, corrige a rota e resgata o processo. Como manter-se sadio e forte pra batalha? Alimentação, prática de exercícios, qualidade de sono e controle do estresse, equilíbrio do corpo, mente e espírito – são os 4 Pilares para uma Vida Saudável.

No campo da saúde emocional, um estranho a ser desvendado para muitos, uma das recomendações que posso dar (e tenho buscado praticar) é abrir mão de tudo o que pode negativar a mente. Observar o que falamos e como agimos. Palavras de descrédito, raiva adoecem – sobretudo, a quem as lança. Fortaleça-se na meditação, oração. Aprenda a perdoar (a si e ao outro). Considerem isso como pilar. Não passem a vida cultivando rancor, ódio, mágoas. O perdão é um exercício diário que devemos incorporar nas nossas vidas.

Convido todos vocês a lerem (novamente para os que já me acompanham) este material que trabalhamos aqui há alguns meses e trata exatamente desta questão. Confiram abaixo o conteúdo, após imagem!

Referência

Batty G David, Russ Tom C, Stamatakis Emmanuel, Kivimäki Mika. Psychological distress in relation to site specific cancer mortality: pooling of unpublished data from 16 prospective cohort studies

WhatsApp chat