Descascar ou desembalar?! Hora de acabar com esta questão!
26 de setembro de 2016
Crudivorismo: os benefícios da alimentação viva
27 de setembro de 2016

Bebidas industrializadas: um veneno em MLs

Leia mais.

26.09 - Bebida industrializada _ veneno em MLsNós vemos tantas opções de bebidas industrializadas no mercado, e no cotidiano, até por força do hábito, preferimos comprar algo pronto ao invés de preparar em casa. Mas, o preço da comodidade pode ser caro! Como todo produto alimentício processado, o que bebemos exerce tanta influência em nosso organismo quanto o que comemos, e precisamos ter muito cuidado porque algumas bebidas prontas são verdadeiros venenos!

E esse envenenamento começa pelos refrigerantes. Quem nunca ouviu falar que refrigerante de cola pode desentupir pia? Ou até mesmo já fez o teste em casa? E isso é fato! Se ele é capaz de desobstruir encanamentos, imagine só a devastação que ele pode causar no seu organismo!

O PH dele é extremamente ácido, algo em torno de 2,2, e para retornar ao equilíbrio corporal do PH, são necessários 30 copos de água alcalina!  Devido à grande quantidade de fosfatos, as variações “cola” em excesso causam a liberação do cálcio, isso enfraquece os ossos, e pode levar a uma osteoporose. Além na parte óssea, os dentes podem se desgastar, o organismo passa a reter líquidos, causando inchaço nas pernas, e compromete o sistema gástrico, especialmente para quem já tem doenças como úlcera e gastrite. Pior do que isso, a grande quantidade de açúcar presente nos refrigerantes se torna uma ameaça à saúde. Um estudo norte americano também mostrou que pessoas que bebem mais de um copo de refrigerante com açúcar por dia, tiveram maior incidência de hipertensão arterial e alterações do colesterol.

Não para por aí. A PRO TESTE – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor – desenvolveu uma pesquisa com refrigerantes nas tradicionais, light e zero, e os resultados foram catastróficos: sete das vinte e quatro marcas analisadas possuem benzeno! Essa é uma substância cancerígena que tem origem da reação do ácido benzoico com a vitamina C! Os corantes presentes também são muito perigosos, como o amarelo crepúsculo e o amarelo tartrazina, que causam hiperatividade e alergias. E se você pensava que o fato de ser diet ou zero ajudaria em alguma coisa, errou! Os adoçantes utilizados na fabricação desses refrigerantes estão proibidos nos EUA há mais de 15 anos! Aqui, o aspartame e o ciclamato de sódio entram na composição deles, e sua metabolização gera o metanol, que é tóxico para os neurônios e que pode provocar degeneração neural ligada a doenças como mal de Alzheimer! E isso não aparece nos rótulos desses produtos! Nós não vemos nada divulgado a respeito, nenhum alerta à saúde pública, pelo contrário, nosso governo aceita! Por isso, não podemos nos contentar com informações que a própria Indústria e que a grande mídia nos trazem.

Daí a maioria das pessoas pensa: preciso de uma opção mais saudável… que tal um suco de caixinha? Péssima escolha! Poucos sabem que o suco industrializado é tão prejudicial quanto um “refri”!

O Idec – Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor – analisou 12 bebidas à base de fruta com versões em caixinhas e garrafinhas de plásticas, e todas elas continham teor elevadíssimo de açúcar, corantes e aromatizantes! Mesmo com leis que limitam a adição de sacarose, esses sucos contêm aproximadamente 20 gramas de açúcar a cada 200 ml, o que equivale a duas colheres de sopa cheias! Também não ficamos livres dos conservantes e corantes, como o tartrazina, que pode causar reações alérgicas, como asma brônquica em pessoas com hipersensibilidade ao ácido acetilsalicílico. Versões dietéticas não ajudam em nada, pelo contrário, são tão prejudiciais quanto os açucarados. O que difere as bebidas à base de frutas é o teor mínimo de polpa. Os mais concentrados são os sucos, os menos densos são os refrescos, e os néctares são intermediários. Os néctares têm 10% de frutas em sua composição. Já pós para refrescos têm cerca de 1% ou até menos! , e a maioria dos fabricantes não divulga esse detalhe. Ou seja, a quantidade de fruta é insignificante quanto à necessidade de nutrientes!

Além desses prejuízos, o processo de fabricação e envasamento faz com que a maior parte das fibras, vitaminas, minerais, e substâncias antioxidantes presentes no alimento in natura se percam. Dessa forma, é óbvio que as frutas ou sucos naturais de verdade, que fazemos em casa, apresentam muito mais elementos nutritivos do que os industrializados, e são muito mais recomendados. Apenas evite colocar açúcar no preparo, prefira frutas frescas e maduras, porque naturalmente já têm sabor mais adocicado. Mas não podemos esquecer que a frutose em si já é um tipo de açúcar, e é um dos maiores causadores de elevação dos triglicerídeos, da gordura visceral, do pré-diabetes e do diabetes tipo 2. Assim, a fruta deve ser preferencialmente comida, pois já na mastigação é possível separar a frutose da fibra e, assim, receber maior valor nutricional e não apenas a frutose. Se quiser matar a use, beba água! Mas, com moderação, use a fruta para matar sua fome.

Saiba mais:

Refrigerantes – https://drbarakat.com.br/refrigerantes/

Sucos de caixinha – https://drbarakat.com.br/sucos-de-caixinha/

 

 

 

 

WhatsApp chat