Blog

Home > Medicina > Obesidade e câncer de próstata

17.11_obesidade de ca de próstata

Publicado em 18/11/16

Existem fatores que podem determinar se você será um indivíduo saudável ou poderá desenvolver algum tipo de doença. E, como inclusive abordamos nesta semana, a obesidade prejudica a saúde do organismo como um todo, além de influenciar diretamente no desenvolvimento do câncer de próstata.

Países ocidentais têm mais casos de câncer de próstata, e não é mera coincidência.  Isso confirma que maus hábitos de vida e má alimentação levam a maiores índices de obesidade e, consequentemente, ao câncer de próstata.

Essa relação entre idade, obesidade e câncer de próstata pode ser observada no estudo de Wallström et al, 2009, que demonstrou que os homens obesos com idade entre 50 a 59 anos, ao final do estudo, tinham um risco 58% maior de câncer de próstata. A America Cancer Society mostra também que os pacientes com IMC (Índice de Massa Corpórea) acima de 35 possuem risco de morte por câncer de próstata 34% maior quando comparados a homens de peso normal. A hipótese uma série de fatores, envolvendo o estado inflamatório geral e as alterações metabólicas relacionadas à obesidade. A hipótese é que altos níveis de insulina e a predominância de estrogênio entre esses indivíduos, sejam os verdadeiros responsáveis pelo aumento da incidência de câncer de próstata.

Outro fator de risco para câncer de próstata e tão perigoso quanto a obesidade – e intimamente ligado a ela – é o colesterol. Análises publicadas no Shares Equal Acess Regional Cancer Hospital (SEARCH), mostraram que elevados níveis séricos de triglicérides foram associados ao aumento do risco de recorrência do câncer de próstata. Colesterol total, LDL ou HDL não foram associados ao risco de recorrência entre todos os homens. No entanto, entre os homens com dislipidemia, níveis elevados de colesterol total e de HDL (bom colesterol) foram associados respectivamente ao aumento e à diminuição do risco de recorrência. Ou seja, os lipídios devem ser explorados como um fator de risco para o câncer de próstata, sendo que o mais perigoso é o índice de triglicérides. Quero que leiam e compreendam o colesterol aqui Colesterol: lado A x Lado B

Outro fator de risco, não apenas para o câncer de próstata, mas para vários tipos de câncer e outras doenças é o tabagismo. Segundo cientistas norte-americanos da Faculdade de Saúde Pública da Universidade da Califórnia em São Francisco, os fumantes com diagnóstico de câncer de próstata correm mais risco de desenvolver tumores agressivos e maior probabilidade de morrer da doença do que os não fumantes. Os homens que fumavam na época do diagnóstico demonstraram ter 61% mais chances de morrer por causa do câncer de próstata e 61% mais chances de o câncer voltar em comparação com os que nunca fumaram.

Ou seja, hábitos adquiridos ao longo da vida fazem toda a diferença até mesmo quando se fala em câncer de próstata. O nisso, a alimentação pode entrar como grande aliado. Já está comprovado que uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, com menos consumo de alimentos de origem animal, ajuda a diminuir muito o risco de câncer. Os estudos com Vitamina E, D, além do selênio e licopeno se mostraram eficientes na proteção contra esse tumor, então se alimentar regularmente com porções de brócolis, tomate, linhaça, goiaba vermelha, cenoura, repolho, mamão papaia, couve-flor e melancia é uma boa pedida.

A alimentação pode atuar como coadjuvante de uma série de fatores que ajudam na prevenção e bloqueiem o aparecimento de células cancerígenas, como exercícios regulares para fugir do sedentarismo, além de evitar beber e fumar em excesso. Há pesquisas que comprovam que homens ativos, por exemplo, têm 30% menos chances de morrer por este tipo de câncer do que os sedentários. A incidência do câncer de próstata se torna maior a partir dos 50 anos, então fazer exames rotineiramente é mais do que obrigação se queremos nos ver livre deste problema! Ser homem de verdade também é cuidar da sua saúde.

Leia também: Colesterol: lado A x Lado B