Blog

Home > Medicina > Impacto das emoções sobre a água

arte barakat aguaAssista ao vídeo que preparei no canal do Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=PREvMPkkRjk

Que a forma de pensar influencia a vida, os ambientes, e o organismo com um todo, isso eu já costumo dizer há bastante tempo. Porém não imaginamos o quanto pensamentos e palavras podem gerar resultados energéticos tão diferentes. E a água é um elemento tão vital para nós que compõe quase 70% do nosso planeta e do nosso corpo. Então, manter esse elemento em equilíbrio em nosso organismo faz toda a diferença.

Aí vocês podem me perguntar: o que a positividade tem a ver com a água que está em mim? Eu respondo: tudo! Pode parecer loucura, mas o pesquisador e cientista japonês Masaru Emoto deixou um legado científico a respeito disso. Ele utilizou técnicas fotográficas para captar alterações das moléculas de água após um processo de congelamento e minucioso exame microscópico. As águas puras de nascentes tinham moléculas em formatos simétricos e cristalinos, e as mais impuras ou sujas formavam estruturas deformadas e caóticas.

E quando submetidas a músicas ou palavras, o resultado foi surpreendente. As amostras que receberam palavras ruins ou música pesada, apresentaram o mesmo tipo de formação que as águas impuras e aquelas que estavam com músicas ou palavras calmas e positivas mostraram o mesmo tipo de estrutura que as águas puras! Por exemplo, as palavras “mal” e “idiota” geraram estruturas moleculares difusas, e “paz”, “sabedoria” e “gratidão” formaram moléculas perfeitamente simétricas, tal como uma obra de arte! Esse experimento, que rendeu grande repercussão mundial, pode ser visto nos sites: goo.gl/iYada e http://ow.ly/HskE3 .

Recomendo também este material em vídeo, bem elucidativo, sobre o projeto do cientista Emoto: https://www.youtube.com/watch?v=JYZjLh2EEHw

Nós somos muito imediatistas, e quando insistimos numa meditação ou num pensamento positivo acerca de algo sem ver, de maneira palpável, um resultado rápido, acabamos desistindo. E daí, começamos a permitir que, de dentro de nós, saiam palavras, pensamentos e sentimentos cheios de desânimo, achando que não faz diferença alguma. Porém a experiência fotográfica de Masaru Emoto mostra de forma prática o tamanho da influência que o pensamento pode ter.

Essa é uma demonstração prática para começarmos a perceber que, mesmo nossos olhos não vejam, o resultado das energias que produzimos pelo que falamos ou sentimos é real. Entendemos que a água não é um elemento inanimado, mas é algo realmente vivo e que responde ativamente às nossas emoções. E se essas reações emocionais produzem tais efeitos sobre a água, também influenciam de forma relevante nosso organismo. Que os nossos pensamentos sejam os melhores sempre, para que nossa saúde receba essa positividade de forma plena.