Blog

Home > Medicinatitle_li=Reportagens > Como evitar a insônia?

23.11_Como evitar insôniaPublicado em 24/11/2016

Será que é realmente possível, diante de uma vida tão agitada e, muitas vezes, estressante, evitar um quadro de insônia? A resposta é sim! Entretanto, para fugir dela é preciso perseverança.  Se você está disposto a ter atitudes que possam lhe ajudar segue algumas dicas práticas: 

1. Prepare seu quarto de forma a ser um lugar acolhedor, relaxante e que seja visualmente um convite para um bom e reparador sono. Vale verificar inclusive se seu colchão, seu travesseiro, lençóis estão em boas condições e são seus “amigos” do bom sono e não o contrário. Se possível, faça substituições. Às vezes a questão não é estresse

2. Se você tem o costume de se alimentar na cama, ver TV ou qualquer outra atividade que não dormir, é hora de abandonar estes hábitos. A cama deve ser um local destinado exclusivamente ao sono

3. Criar uma rotina de horário – tanto para dormir quanto para acordar. Acreditem: esta disciplina poderá ajudar o organismo a compreender a hora de ligar e desligar. Cochilos vespertinos não são recomendados para quem tem dificuldade de dormir de noite, sobretudo, para aqueles com insônia. Não troque o dia (ou as tardes) pela noite

4. Pratique exercícios no seu dia e, se tem problemas com o sono, evite que o seu período dedicado às atividades seja próximo da hora de dormir. Escolha o início do dia, se possível! Irá inclusive revigorar você para lidar com a rotina diária!

5. Evite consumir bebidas que possam lhe deixar desperto, estimulado: como cafeína, tabaco e álcool. No caso da bebida alcoólica, que normalmente é vista como um “amigo para quem quer dormir” – esqueça. Na verdade ela pode ajudar a “apagar”, mas está longe de ser uma ferramenta para conduzir você a um sono reparador, que reconstitua a energia utilizada no decorrer do dia. Pelo contrário. Você pode acordar pior do que se deitou. Cabe a você avaliar o que vale à pena.

6. Antes de se deitar, procure comer alimentos leves.

7. Deixe seus problemas longe da sua cama. Antes de se deitar, se houver algo te incomodando, resolva isso ou aceite que não conseguirá dar um desfecho justo na hora de dormir. Dedique-se a relaxar e seja compreensivo consigo mesmo. Lembre-se: o maior inquisidor de você é você mesmo!

8. Ouça uma música que dialogue com você de maneira a lhe trazer paz. Uma melodia que consiga promover equilíbrio entre corpo, mente e espírito e lhe traga paz. Cada um tem um som que pode ser esta ferramenta de elevação e relaxamento. Apenas fuja de batidas aceleradas ou sons que em lugar de confortarem lhe deixem elétrico.

9. Técnicas de respiração e meditação são grandes aliadas nestes momentos: convido a lerem mais sobre isso em “Respiração e Meditação: alguns conceitos da psicossíntese”.

Há pessoas que tem o que podemos chamar de uma insônia temporária, que dura de um dia a uma semana, mas há outras que este quadro pode ser uma constante. Observamos que geralmente a insônia é ocasionada por estresse, preocupações – enfim, questões que povoam nossa mente e não a permitem desligar com facilidade durante a noite. Como resolver a questão?

Temos que buscar o relaxamento. O indivíduo já sabe que tem um problema de insônia, ele vai querer assistir a um filme de ação ou de guerra antes de se deitar? Ou acompanhar no noticiário informações negativas que podem lhe afetar? Se no seu caso há um problema que lhe persegue todos os dias, você vai dar a cara para apanhar dia e noite – ou buscar meios práticos e possíveis de resolver a questão?

Se já sabe que tem essa rotina dificultada, que tal montar uma que lhe favoreça?  Deve se ter uma espécie de ritual. Chegar em casa, ouvir música leve, evitar brigas e discussões – para isso converse com sua família para que ela tome conhecimento do que você tem passado e peça ajuda! Afinal, família deve ser um time! Se no seu caso está enfrentando momentos de turbulência, faça a sua parte para ter harmonia. Lembre-se: não mudamos o outro, mas temos ingerência sobre nossas atitudes e autocontrole.

Tomar um chazinho, um banho quente, já com aquele positivismo: “vou relaxar” são conselhos milenares e que funcionam sim! O segredo está em reduzir o ritmo lentamente e não tentar frear a mente bruscamente. Não adianta chegar todo dia meia noite e dizer “agora vai começar meu drama”. Você já sabia! Porque não começou a preparar isso antes? Senão vai ser vítima de remédios. E se você já é, busque praticar uma rotina diferente, para se ver livre de mecanismos para ter uma boa noite de sono. Com acompanhamento de um médico, busque fazer a substituição por substâncias fitoterápicas, meditação, oração, respiração, emanar um mantra, qualquer coisa que creia e lhe ajude.

Para vocês que tem dúvida se a prática de atividade sexual antes de dormir pode impactar no sono – fique tranquilo. O sexo irá ajudar a relaxar! ;-)